Maravilhas do conto português para o leitor brasileiro

Depois de A cidade de Ulisses, Teolinda Gersão, uma das mais importantes contistas e romancistas da literatura portuguesa contemporânea, lança agora no Brasil Alice e outras mulheres, uma antologia de contos organizada por Nilma Lacerda.


Se, em A cidade de Ulisses, está Lisboa no poema épico de Homero, em "Alice in Thunderland", conto que fecha a nova antologia, a escritora portuguesa revisita a personagem de Lewis Carrol, registrando a sua versão da história: “Vou repor a verdade e contar eu mesma a história, tal como agora a contei, em pensamento”.

O livro conta com textos já publicados por Teolinda ao longo de seus 40 anos de trajetória literária, no entanto, esta organização publicada pela editora Oficina Raquel é inédita para o público brasileiro. Por trás da escolha dos contos que compõem a seleta, está o objetivo de mostrar todo o poder do feminino, ainda que muitas vezes silenciado e, neste sentido, nada melhor do que uma das mais célebres personagens da nossa literatura e imaginário para nomear esta recolha.

“Big Brother Isn’t Watching You”, originalmente presente no livro Histórias de ver e andar, é um dos contos escolhidos a dedo para ser publicado em Alice e outras mulheres. Nele, Teolinda Gersão critica os valores impostos pela mídia e como ela é capaz de influenciar a vida das pessoas. 
“Mas estávamos preparadas. Tinhamos emagrecido, comprado roupa nova, mudado a cor do baton e da sombra para os olhos. Eles aí estavam, carros, altifalantes, luzes, locutores, fotógrafos, jornais. Tinha chegado a nossa vez de estar no mundo. Podiamos abrir a porta e entrar.”
Além do conto mencionado acima, a antologia é composta por: "As laranjas", "Uma orelha", "Bilhete de avião para o Brasil", "A dedicatória", "Quatro crianças, dois cães e pássaros", "A velha" (Histórias de ver e andar), "A mulher que prendeu a chuva", "Se por acaso ouvires esta mensagem", "Um casaco de raposa vermelha" (A mulher que prendeu a chuva e outras histórias), "O meu semelhante", "A mulher cabra e a mulher peixe", "Pranto e riso da noiva assassina", "Vizinhas", "Alice in Thunderland" (Prantos, amores e outros desvarios), "O mensageiro" (O mensageiro e outras histórias com anjos), "História mal contada", "A terceira mão" (Atrás da porta e outras histórias).

Título: Alice e outras mulheres

Autora: Teolinda Gersão

Organização: Nilma Lacerda

Preço: R$54,90, 172 p.

Formato:  14 x21

ISBN: 9786586280166

Alice no país das maravilhas foi publicado em 4 de julho de 1865, e de lá para cá, a personagem aparece em várias edições e mesmo revisitações na literatura. Em virtude do isolamento social causado pela Covid-19, a turnê da autora foi adiada para 2021, mas a editora ofereceu aos leitores um encontro virtual com Teolinda Gersão, que conversou com a organizadora do livro, Nilma Lacerda, a professora de Literatura Portuguesa Marcia Manir, e mediação de Taty Leite, na mesma data de publicação do clássico de Lewis Carroll, 4 de julho. Clique aqui e assista o vídeo do lançamento virtual.

Sobre a autora

Teolinda Gersão estudou nas Universidades de Coimbra, Tubingen e Berlim, foi leitora de Português na Universidade Técnica de Berlim e professora catedrática de Literatura Alemã e de Literatura Comparada na Universidade Nova de Lisboa.

Teolinda Gersão - Foto: Homem Cardoso

Viveu na Alemanha e no Brasil (São Paulo) e passou algum tempo em Moçambique.
Foi escritora-residente na Universidade da California, em Berkeley.

É autora de 17 livros de ficção, e está traduzida em 20 países.

Recebeu alguns dos mais importantes prémios literários portugueses, entre os quais por duas vezes o Prémio de Ficção do Pen Clube, o Grande Prémio de Romance e Novela da APE, o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco, o Prémio Vergílio Ferreira, o Prémio Fernando Namora, e fez parte da short list do Prémio Europeu de Romance Aristeion.
Em 2018 recebeu o Albert Marquis Lifetime Achievement Award.

Pela Oficina Raquel, publicou A cidade de Ulisses e  agora em 2020, o ano que completou 80 anos de idade de 40 de carreira, lança Alice e outras mulheres.

Comentários

Posts mais visitados

Ticomia recomeça dia 25 como a maior explosão de alegria do São João da Bahia

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

New face da 40 Graus Models, Ana Clara Rios passa férias na Bahia

Conheça “Raíz do Sertão”, novo álbum do rapper baiano TR MC

‘A rosa de Hiroxima’, de Vinicius de Moraes, em extraordinária interpretação de Ney Matogrosso