Cacau Novaes é candidato ao Conselho Estadual de Cultura

Inscrições terminam segunda-feira, 1º de junho

O poeta e escritor Cacau Novaes é candidato ao Conselho Estadual de Cultura da Bahia, segmento LITERATURA e está em plena campanha, nas redes sociais, solicitando a inscrição dos eleitores para que possam votar na eleição que será realizada via internet nos dias 30 de junho e 1º de julho.
Cacau Novaes - Foto: Divulgação

Para votar, é preciso se inscrever na plataforma das eleições pela internet. As inscrições para a eleição do Conselho Estadual de Cultura da Bahia podem ser feitas até às 23h59 do dia 1º de junho deste ano. 

Serão eleitos 10 novos representantes titulares da sociedade civil como Conselheiros Estaduais de Cultura, bem como seus respectivos 10 suplentes. Metade das vagas (cinco titulares e cinco suplentes) se destinam a membros dos segmentos e processos do fazer cultural da Bahia, e a outra metade, com mesma composição, a representantes dos territórios de identidade cultural do Estado. Também será composto cadastro reserva. Os candidatos devem pertencer a territórios e/ou segmentos ainda sem representação na composição do Conselho Estadual de Cultura para o período de mandato.

Sobre Cacau Novaes

José Carlos Assunção Novaes (Cacau Novaes) é Doutorando em Língua e Cultura; Mestre em Letras; Especialista em Língua Portuguesa; Especialista em Língua Portuguesa com Ênfase em Produção Textual; Especialista (MBA) em Jornalismo Empresarial e Assessoria de Imprensa; Licenciado em Letras Vernáculas. Autor de Marádida (romance), Os poetas estão vivos (poesia), As Sandálias (poesia) e Você não sabe do que é capaz (poesia), além de ter participado de publicações de poesia e contos em várias antologias e revistas literárias no Brasil e em Portugal. Sua biografia está no Dicionário de Autores Baianos, publicado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Brasil. Recebeu o Troféu Castro Alves de Poesia Falada (Câmara de Vereadores de Salvador, 2005); Prêmio Leonardo (Instituto de Cultura Brasil Itália Europa – ICBIE - 2015, Salvador); Troféu Cora Coralina (Academia de Letras de Góias, 2016), Troféu Machado de Assis (Núcleo de Artes e Letras de Lisboa, 2017, Brasil, Portugal), dentre outros. Foi um dos fundadores (juntamente com Pietro Gallina) e Vice-presidente do Instituto de Cultura Brasil Itália Europa (ICBIE), situado em Salvador. É membro correspondente da Academia de Letras de Goiás (ALG), da Academia de Ciências Letras e Artes de Vitória (ACLAV) e do Núcleo de Artes e Letras de Portugal (NALAP). Foi membro do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), Salvador (2017/2019). É coordenador do Nosso Sarau, evento realizado mensamente no Goethe-Institut Salvador, Bahia, Brasil. Representou o Brasil no XVII Parlamento Internacional de Escritores de Cartagena, na Colômbia, no ano de 2019, vindo a ser nomeado Cônsul desta instituição. Atualmente, é coordenador da Antologia Bardos Baianos, em parceria com a Cogito Editora, do Território Médio Sudoeste da Bahia. 

Confira publicação no Facebook:

ATENÇÃO AMIGOS E AMIGAS: Sou CANDIDATO a membro do Conselho Estadual de Cultura da Bahia, segmento LITERATURA. Para...

Publicado por Cacau Novaes em Terça-feira, 26 de maio de 2020

Comentários

Posts mais visitados

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

O perigo das Fake News para a sociedade e o impacto às pessoas e instituições

Os morcegos estão comendo os mamãos maduros, de Gramiro de Matos

Sérgio Mattos: Bernardo Rabello, nova aposta da moda nacional

Manifesto dos Escritores, Artistas, Cientistas, Jornalistas, Professores e Pensadores Baianos pela Democracia