Lande Onawale é o escritor convidado do Nosso Sarau de novembro

 

Encerrando o mês da Consciência Negra, no dia 30 de novembro (quarta-feira), 18h, na Biblioteca do Goethe-Institut Salvador, o Nosso Sarau tem como convidado o educador, contista, poeta e compositor Lande Onawale, que participa de um bate papo sobre o seu trabalho.


O evento, com entrada gratuita, acontece com muita poesia, música, performances artísticas, além de um bazar com livros, CDs e DVDs dos participantes. Nesta edição, estarão presentes diversos poetas e escritores, como Alessandra Sampaio, Alvorecer Santos, Ametista Nunes, Cacau Novaes, Cristina Leilane Fernandes, Daniel Lira, Douglas de Almeida, Jovina Souza, Larah Oliveira, Marcos Peixe, que recitarão e lerão textos autorais. Participam também os atores da 40º Graus Models Bahia, homenageando os poetas convidados com um recital de poesia.

Um show com Di Carvalho e Marcelo Moreno abrirá o sarau, mas, no decorrer do evento, acontecem ainda as participações musicais de Chá Rize e Pantera. Haverá ainda as participações internacionais dos escritores Joce Daniels (Colômbia) e Milagros Sefair (Argentina) e do cantor e compositor brasileiro Magno Estevam, que está na Alemanha, de forma virtual.

O Nosso Sarau tem a produção e curadoria de Cacau Novaes. Nesta edição terá apresentação de Douglas de Almeida, mediação de Alessandra Sampaio e coordenação de Alvorecer Santos e Marcos Peixe.

Devido ao decreto nº 21.744, publicado pelo Governo do Estado da Bahia, será exigido o uso obrigatório de máscara e o comprovante de vacinação.

O evento também poderá ser assistido pela página do Facebook do Nosso Sarau.

 

Sobre o escritor convidado

Lande Onawale, pseudônimo de Reinaldo Santana Sampaio, nasceu em Salvador, Bahia, em 1965. Licenciado em História pela Universidade Federal da Bahia, professor da rede estadual de ensino, é Tata do terreiro Tanuri Junçara. Militante do Movimento Negro Brasileiro, é poeta, contista, compositor. Desde 1996, vem publicando poemas e contos em antologias diversas no Brasil e Exterior.

Lande Onawale - Foto: Divulgação

Em 2003, lançou O vento, reunião de poemas, sua primeira obra individual. A este se seguiram os volumes Kalunga: poemas de um mar sem fim / poems of an infinte sea, publicado em 2011 em edição bilíngue, lançada com sucesso nos Estados Unidos. Também neste ano publicou o volume de contos Sete: diásporas íntimas, contemplado pelo MEC para adoção no Ensino Médio em toda a rede pública do país. Em 2019, lançou, pela Organismo Editora, o livro de poemas Pretices e Milongas. Participou também de diversas antologias. Desde 1996, Lande Onawale é presença constante na série Cadernos Negros, tanto nos volumes de poemas quanto naqueles voltados para a ficção, em especial as short stories. Colaborou com a revista eletrônica Afirma - comunicação e pesquisa.  Com o pseudônimo de Aoria, publicou poemas no Jornal do MNU - Movimento Negro Unificado (19 e 20) e um samba – “Um sonho, uma idéia” – na revista Canto Negro, do Bloco Afro Ilê Ayê.

Como compositor, teve três sambas gravados pelos blocos Malê Debale e Olodum. Em 2020, cantando sua composição Uganda, abre o álbum “Bom mesmo é estar debaixo d’agua”, da cantora baiana Ludji Luna.

Para Lande, a literatura é uma possibilidade de inventar e reinventar caminhos intelectuais, afetivos, ancestrais para cada leitor ou leitora, colocar estes caminhos à sua disposição e, a partir desse diálogo, promover o progresso humano e, principalmente, o fortalecimento do povo preto como protagonista desse progresso

 

Sobre o Nosso Sarau

O Nosso Sarau acontece desde 2018, com produção e curadoria de Cacau Novaes, na biblioteca do Goethe-Institut Salvador. Durante a pandemia, aconteceram edições virtuais, reunindo poetas, escritores, músicos e outros artistas de diversos países do mundo. Também neste período, o Nosso Sarau realizou as edições virtuais no Brasil do M.I.E.L. – Movimiento Internacional de Escritores y Artistas por la Libertad, o Día de la Insurgencia Cultural, com outros parceiros, além de vários eventos internacionais. Também está presente em diversas feiras de livros virtuais internacionais, reunindo os poetas, escritores e músicos participantes das edições presenciais.

 

SERVIÇO

O QUÊ: Nosso Sarau

ONDE: Goethe-Institut Salvador

QUANDO: Quarta – 30/11/2022 – 18h

QUANTO: Gratuito

Comentários

Posts mais visitados

Ticomia recomeça dia 25 como a maior explosão de alegria do São João da Bahia

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

Avisa lá: Hoje é aniversário do Olodum

Dia do choro: homenagem ao nascimento de Pixinguinha

Regulamentação federal da Lei Aldir Blanc estabelece critérios para renda emergencial