Pular para o conteúdo principal

Programação do IX Fliaraxá inclui mais de 100 autores nacionais e internacionais

A nona edição do Fliaraxá (Festival Literário de Araxá) vai acontecer entre 28 de outubro e 1º de novembro de 2020, quarta-feira a domingo, com transmissão virtual e gratuita, nas telas do Youtube, Facebook e site do evento - www.fliaraxa.com.br -, em programação contínua, 24 horas por dia. 

Foto: Divulgação

Tudo acontecerá sob a âncora do criador e curador do Festival, o jornalista Afonso Borges. A curadoria inclui também o cientista político e escritor Sérgio Abranches, a historiadora e escritora Heloísa Starling e o escritor Tom Farias; a curadoria infantojuvenil está a cargo do escritor Leo Cunha e a curadoria local, dos autores de Araxáé dos escritores Luiz Humberto França e Rafael Nolli. A frase de José Saramago: "Não há uma língua portuguesa, há línguas em português", é o tema dessa edição que conta com cerca de 100 autores de Portugal, Brasil, Cabo Verde, Timor Leste, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

Confira a programação completa abaixo. Biografias dos convidados estão disponíveis no site: www.fliaraxa.com.br

28/10 (Quarta-feira)

NACIONAL/INTERNACIONAL

16h - Literatura conectando pessoas - Pedro Pacífico + Winnie Bueno + Mell Ferraz - MODERAÇÃO: Afonso Borges

18h  - Abertura Oficial: Arte e cultura no Brasil em tempos de pandemia  - Danilo Miranda e Afonso Borges

18:30h -  "Não há uma língua portuguesa, há línguas em português - Depoimentos de Victor Lopes e Pasquale Cipro Neto 

19h - Monja Coen - Paciência - um dia de cada vez - MODERAÇÃO: Afonso Borges

20h - Antônio Fagundes (Personalidade literária do IX Fliaraxá) e Valter Hugo Mãe

MODERAÇÃO: Afonso Borges 

29/10 (Quinta-feira)

INFANTOJUVENIL

08:00 – Abertura - Leo Cunha (curador) + Tino Freitas
08:30 - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (1)
09:00  Alessandra Roscoe

10:00 - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (2)
10:30  - Paula Pimenta
11:15 - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (3)

ARAXÁ

12:30 – O Multimídia Calmon Barreto - José Otávio Lemos + Glaura Teixeira Nogueira Lima - MODERAÇÃO: Luiz Humberto França
14:00 – Poesia Araxaense - gerações de talentos - Vilma Cunha Duarte + João Victor Idaló - MODERAÇÃO: Rafael Nolli

NACIONAL/INTERNACIONAL

16h - A língua para contar: histórias de um povo e de um lugar - Bruno Vieira Amaral + Paulo Scott + Luiz Ruffato - MODERAÇÃO: Tito Couto

17h Literatura e História - Lira Neto + Ignácio de Loyola Brandão - MODERAÇÃO: Heloisa Starling

18h Que gênero é: conto e crônica - Sérgio Rodrigues + Rodrigo Lacerda + Gonçalo M Tavares - MODERAÇÃO: Luiz Ruffato

19h Literatura, identidade e pertencimento - Elisa Lucinda + Olinda Beja + Abdulai Sila - MODERAÇÃO: Tom Farias

20h Gripe espanhola e pandemia hoje - Heloisa Starling + Lilia Schwarcz  - MODERAÇÃO: Afonso Borges 

30/10 (Sexta-feira)

INFANTOJUVENIL

08:00 – Abertura - Leo Cunha (curador) + Tino Freitas
08:30  Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (4)
09:00  - Daniel Munduruku
10:00  - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (5)
10:30  - Rosana Rios
11:15 - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (6)

 

ARAXÁ

12:30 – Literatura + 60 - Marinez Gotelip, Presidente Instituto Apreender + Dra. Michelle Clos, doutora em Gerontologia (RS) - MODERAÇÃO: Luiz Humberto França

14:00  Literatura na Adolescência - Esther Ferreira + Leticia Braga (RJ) - MODERAÇÃO: Rafael Nolli

 

NACIONAL/INTERNACIONAL

16h Que gênero é: poesia - João Luís Barreto Guimarães + Adriana Lisboa + Mbate Pedro - MODERAÇÃO: Afonso Borges

17h - Escrever em língua portuguesa - Milton Hatoum + Teolinda Gersão + Ronaldo Correia de Brito - MODERAÇÃO: Afonso Borges

18h - Ficção Hoje - Noemi Jaffe + José Luís Peixoto + Joca Terron - MODERAÇÃO: Afonso Borges

19h Filosofia e Literatura - Onésimo Teotónio de Almeida+ Sérgio Abranches MODERAÇÃO: Afonso Borges

20h Cultura, crença e preconceito  - Djamila Ribeiro e Afonso Borges

21h - Afonso Borges e Raquel Alvarez - conversa e transmissão ao vivo do curta "Olhos de Carvão", inspirado em conto do livro homônimo de Afonso Borges.

31/10 (Sábado)

INFANTOJUVENIL

09:00  Abertura - Leo Cunha (curador) + Tino Freitas

09:30 - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (7)

10:00 - José Santos + Selma Maria

10:45 - Vídeos inéditos com autores de literatura infantil (8)

11:30 - Rosana MontAlverne

 

ARAXÁ

12:00  Amor e transformação no infantojuvenil - Lilian Natal + Idelma da Costa - MODERAÇÃO: Rodrigo Feres
13:30 – Tecnologia e Arte - Lisa Alves (Araxá) + Luciano Rodrigues (BH) - MODERAÇÃO: Flávia Guerra
 

NACIONAL/INTERNACIONAL

16h Literatura e crítica social - Germano Almeida + Jeferson Tenório - MODERAÇÃO: Sérgio Abranches

17h - Patrona Clarice Lispector  Nélida Piñon + Marina Colasanti - MODERAÇÃO: Simone Paulino

18h - Patrono João Cabral Melo Neto - Antonio Carlos Secchin + Schneider Carpeggiani - MODERAÇÃO: Heloisa Starling

19h Autor Homenageado: José Eduardo Agualusa - MODERAÇÃO: Afonso Borges

20h - Autora homenageada: Conceição Evaristo - MODERAÇÃO: Afonso Borges 

1/11 (Domingo)

INFANTOJUVENIL

09:00  Abertura  - Leo Cunha (curador)

09:30 - Otávio Cesar Jr.
10:15 – Encerramento programação infantil  - Tino Freitas

 

ARAXÁ

11:00 – Suicídio. Novas abordagens - Rodrigo Feres + Thiago Melo  - MODERAÇÃO: Melina Costa
12:30 – Lentes e Letras  Fotografia e Literatura - Luiz Humberto França + Simone Alves Fraga (Sacramento) - MODERAÇÃO: César Campos

NACIONAL/INTERNACIONAL

16h - Romance Policial - Santiago Nazarian + Raphael Montes + Eliana Alves Cruz - MODERAÇÃO: Afonso Borges

17h - Entrelinhas da violência: escrever e denunciar - Ungulani Ba Ka Khosa + Itamar Vieira Júnior  - MODERAÇÃO: Tom Farias

18h - O Futuro das almas e do planeta - Mia Couto + Ailton Krenak - MODERAÇÃO: Afonso Borges

19h - Que gênero é: romance - Afonso Cruz + Ondjaki + Lucrecia Zappi - MODERAÇÃO: Tito Couto

20h - A mesma língua, novos registros: gênero e identidade - Tânia Ganho + Yara Monteiro - MODERAÇÃO: Tito Couto


Serviço:

IX Fliaraxá  Festival Literário de Araxá  28 de outubro a 1º de novembro de 2020

Transmissão virtual 24 horas pelos canais:

www.youtube.com/fliaraxá  e Facebook e pelo site: www.fliaraxa.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

Nêgo Jhá é uma banda do interior da Bahia, da cidade de Iguaí, situada no Centro Sul do estado, criada em janeiro de 2018, por Guilherme Santana e Gabriel Almeida, através de u ma simples brincadeira entre amigos, que resultou em um trabalho profissional.  A banda já contabiliza mais de 30 milhões de visualizações no YouTube com suas músicas, entre elas, destaca-se “Cabaré”, música de trabalho gravada por artistas famosos, que compartilharam vídeos, que viralizaram na internet, ouvindo e dançando o hit do momento em todo o Brasil. Até no BBB21 da Rede Globo já tocou a música dos garotos. Foto: Divulgação Confira abaixo a entrevista com os integrantes da Nego Jhá: Cacau Novaes - Como surgiu a ideia de criar Nego Jhá? Como tudo começou?  Nego Jhá -  Através de uma brincadeira entre mim, Guilherme, e meu amigo Gabriel, que toca teclado.  No início não tínhamos em mente de que isso se tornaria algo profissional, pensamos apenas em gravar por diversão e resenha. Cacau Novaes -  É uma dupl

Cacau Novaes lança, neste sábado (6), seu novo livro: “Eu só queria ver o pôr do sol”

O poeta e escritor Cacau Novaes lança, neste sábado (6), às 16h, o seu novo livro de poemas, intitulado “Eu só queria ver o pôr do sol”, pela Editora Mondrongo. O evento acontece em Salvador, na Cervejaria ArtMalte, na Rua Feira de Santana, 354, Rio Vermelho. Neste seu novo livro, Cacau Novaes se debruça sobre a terra arrasada pelas guerras, as mazelas da humanidade, os problemas sociais das grandes cidades, como os esgotos a céu aberto, entro outros. Poesia que nasce no seio de onde vem o cheiro de miséria e a desigualdade. Outros cinco autores também lançam, além de Cacau Novaes, os seus livros, no mesmo dia e local, em uma grande celebração literária: André Lemos, Antônio Brasileiro, Clara Pamponet, Douglas de Almeida e Vinícius Cardona. Segundo Gustavo Felicíssimo, editor da Mondrongo, será um “esquenta” para a Bienal do Livro da Bahia, que acontece de 26 de abril a 1º de maio no Centro de Convenções da Bahia. Durante a bienal, no Espaço das Editoras baianas, haverá um segundo mo

Nosso Sarau inicia encontros de 2024 com Douglas de Almeida e convidados

O Nosso Sarau volta às atividades, iniciando os encontros deste ano com muita poesia, música, bate papo literário, entre outras atividades artísticas. A primeira edição de 2024, no dia 20 de março, às 18h, traz como convidado o poeta Douglas de Almeida. O escritor falará sobre a nova edição de seu livro “Não sei se sou”, que foi relançado recentemente no MAM – Museu de Arte Moderna da Bahia, e sua trajetória literária, sob mediação de Cacau Novaes. Haverá ainda uma sessão de autógrafos. Durante o evento, acontece um recital de poesia com a participação de Alvorecer Santos, Ametista Nunes, Cacau Novaes, Jeane Sánchez, Jovina Souza, Luís Aseokaynha, Marcos Peixe, Ramon Argolo e Rosana Paulo. As apresentações musicais serão com Di Carvalho e Evandro Correia, abrilhantando a noite com canções autorais. Realizado mensalmente no Goethe-Institut Salvador, o Nosso Sarau tem produção e curadoria de Cacau Novaes, com colaboração de Alvorecer Santos e Marcos Peixe. A entrada é gratuita. Sob

Maravilhas do conto português para o leitor brasileiro

Depois de  A cidade de Ulisses , Teolinda Gersão, uma das mais importantes contistas e romancistas da literatura portuguesa contemporânea, lança agora no Brasil  Alice e outras mulheres , uma antologia de contos organizada por Nilma Lacerda. Se, em  A cidade de Ulisses , está Lisboa no poema épico de Homero, em "Alice in Thunderland", conto que fecha a nova antologia, a escritora portuguesa revisita a personagem de Lewis Carrol, registrando a sua versão da história: “Vou repor a verdade e contar eu mesma a história, tal como agora a contei, em pensamento”. O livro conta com textos já publicados por Teolinda ao longo de seus 40 anos de trajetória literária, no entanto, esta organização publicada pela editora Oficina Raquel é inédita para o público brasileiro. Por trás da escolha dos contos que compõem a seleta, está o objetivo de mostrar todo o poder do feminino, ainda que muitas vezes silenciado e, neste sentido, nada melhor do que uma das mais célebres personagens da nossa l

Morro de São Paulo recebeu artistas e turistas em festival neste fim de semana

Durante o fim de semana, de quinta (15) a sábado (17), Morro de São Paulo realizou a 7ª edição do seu festival em um dos destinos mais procurados por turistas do Brasil e de outros países. Vina Calmon - Cheiro de Amor - Foto: Cacau Novaes O evento aconteceu na Segunda Praia, de forma gratuita, e contou com shows de diversos artistas. No primeiro dia do evento (15), passaram pelo palco Dayane Félix, Afrocidade e Cheiro de Amor. Já na sexta-feira (16), os shows foram de Batifun, Negra Cor e Jau. No último dia (17), somente Degê conseguiu se apresentar, devido às fortes chuvas que caíram na ilha, sendo cancelada a programação, que ainda tinha em sua grade os shows de Luiz Caldas e Filhos de Jorge. Jau - Foto: Divulgação Mesmo com esse imprevisto, o Festival de Morro de São Paulo foi um sucesso, com a presença de um grande público, que também curtiu os atrativos naturais da ilha. Adelmo Casé - Negra Cor - Foto: Divulgação Confiram mais vídeos no Instagram de Cacau Novaes : Ver es