Escritores brasileiros participam de edição on-line do Parlamento de Escritores da Colômbia

Escritores baianos e de outros estados brasileiros participam da XVIII edição do Parlamento Internacional de Escritores da Colômbia, com sede em Cartagena das Índias.

Valdeck Almeida de Jesus, Rita Pinheiro, Cacau Novaes, Rosana Paulo e Marcos Peixe - Foto/Montagem: Redes Sociais

O evento acontece entre os dias 07 e 10 de outubro de 2020, excepcionalmente on-line, através do canal do YouTube do Parlamento e parceiros do Facebook:

A abertura do evento será dia 07 de outubro, às 16:30h, com execução do Hino Nacional Colombiano, falas protocolares e do presidente do parlamento, Joce Daniels e outras autoridades, poetas, coordenadores etc, seguido de instalação das apresentações, que este ano conta com artistas do mundo inteiro, dentre outros da Argentina, Brasil, Cuba, Estados Unidos, México, Suécia, Venezuela.


Os seguintes nomes representam o estado da Bahia: Valdeck Almeida de Jesus, Cacau Novaes, Rita Pinheiro, Rosana Paulo e Marcos Peixe. Teremos também Sol de Paula, Isabel Furini e Nanny Zuluaga Henao. Cada autor fará declamação de poemas, leituras, palestras e apresentações curtas, em espanhol, durante a programação seguinte, em horário de Brasília:

08/10 - quinta-feira - 09:10h - Rosana Paulo - Recital "Ecos de uma louca"

09/10 - sexta-feira - 11:30h - Isabel Furini - Conferencia “Música en el alma”

09/10 - sexta-feira - 19:10h - Nanny Zuluaga Henao - Recital “Vuelo de Palomas Manchadas”

09/10 - sexta-feira - 19:20h - Rita Pinheiro - Recital "Por la vida"

09/10 - sexta-feira - 19:30h - Cacau Novaes - Recital "Los poetas están vivos"

09/10 - sexta-feira - 19:40h - Valdeck Almeida - Recital poético

10/10 - sábado - 11:20h - Marcos Peixe - Recital poético

Após cada rodada de apresentações por vídeos gravados, os artistas serão convidados a falarem ao vivo em uma roda de conversas.

O XVIII Parlamento Internacional de Escritores da Colômbia (em homenagem ao bicentenário da Batalha de Boyacá) e o VI Parlamento Jovem são organizados pela Associação de Escritores da Costa. 

O XVIII Parlamento Internacional de Escritores da Colômbia atualmente tem delegados por toda a Colômbia e diversos países, e é o evento acadêmico e literário de maior qualidade, maior atração entre os intelectuais do país e que realiza a maior projeção de Cartagena para o mundo. Declarado como de “Interesse Cultural” pelo Conselho de Cultura do Distrito de Cartagena, é cofinanciado pelo Instituto de Patrimônio e Cultura de Cartagena, Ministério da Cultura, Câmara de Comércio de Montería, Corporação Universitária do Caribe (CECAR), Instituição Tecnológica “Colégio Mayor de Bolívar”, Teatro Adolfo Mejía, assessoria da Cara de Cultura de Cartagena, Restaurante Las Indias Boutique Gormet, Casa Museo “Rafael Nuñez”, dentre outros.


Comentários

Postar um comentário

Posts mais visitados

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

O perigo das Fake News para a sociedade e o impacto às pessoas e instituições

Os morcegos estão comendo os mamãos maduros, de Gramiro de Matos

Sérgio Mattos: Bernardo Rabello, nova aposta da moda nacional

Manifesto dos Escritores, Artistas, Cientistas, Jornalistas, Professores e Pensadores Baianos pela Democracia