Jean Wyllys e Marianna Dias participam de abertura do Sarau na Casa da Borracha

 Ex-deputado federal e ex-presidente da UNE debatem a cultura enquanto direito humano em live nesta sexta-feira, 14

Jean Wyllys e Mariana Dias são os nomes confirmados na live de abertura do Sarau na Casa da Borracha no Sertão dos Maracás nesta sexta-feira, 14, às 16h, com o tema “Cultura enquanto direito humano”. O jornalista, professor, escritor e ex-deputado federal pelo PSOL irá debater com a ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). A mesa temática ainda conta com a mediação do cantor e compositor Achiles, idealizador do projeto.

Jean Willys - Foto: Divulgação

Jean Wyllys tem uma história de envolvimento com trabalhos em favor da justiça social, de uma educação para a cidadania e para a valorização da vida, e em favor das liberdades civis. O baiano de Alagoinhas possui quatro livros publicados e é ganhador de diversos prêmios, dentre eles o de “Melhor Deputado” pelo Prêmio Congresso em Foco. Foi eleito, pela revista Época, um dos 100 brasileiros mais influentes e pela revista Isto É, como uma das 100 personalidades mais influentes. Atualmente encontra-se fora do Brasil após abrir mão de seu mandato devido a graves ameaças sofridas.

Já Marianna Dias tem uma trajetória marcante no movimento estudantil, tendo sido presidente da União dos Estudantes da Bahia (UEB) e União Nacional dos Estudantes (UNE). Atualmente a baiana de Feira de Santana é filiada no Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Marianna Dias - Foto: Divulgação

O Sarau na Casa da Borracha está na sua segunda edição e acontece até o dia 6 de setembro, de forma totalmente virtualizada. Durante a programação serão reunidos mais de cinquenta colaboradores, entre pesquisadores e artistas de todo o país, em torno de lives musicais e mesas temáticas.

 

O tema deste ano resgata importantes pesquisas sobre a cultura e memória do território de identidade, que compreendia, em meados do século XVII, a área denominada “Sertão dos Maracás”. Atualmente chamado de Vale do Jiquiriçá, o território teria sido ocupado pelos povos indígenas Maracás, o que pode ter dado origem ao nome da atual cidade do interior baiano, localizada há pouco mais de 370 km de Salvador.


Confira a programação completa

  

Sarau na Casa da Borracha

 

Em 2019, o cantor e compositor Achiles, nascido e criado na cidade de Maracás-BA, decidiu convidar alguns amigos também músicos para apresentar pequenos shows na Casa da Borracha, sede da Fazenda São Sebastião, que fica situada na comunidade do Peixe, povoado que faz parte da zona rural das cidades de Maracás e Lajedo do Tabocal. Convites aceitos, vários artistas de Maracás, Vitória da Conquista, Salvador, Vale do Capão e Jequié participaram do evento, que foi nomeado pelo anfitrião como Sarau na Casa da Borracha.

 

Em sua primeira edição, o Sarau foi produzido de forma totalmente colaborativa por uma rede de entusiastas. Professores, servidores públicos, comerciantes e pessoas interessadas na realização do evento se mobilizaram através das redes sociais para arrecadar doações para a produção. A iniciativa deu certo e conseguiu garantir combustível, transporte, alimentos, cobertores e colchões para receber os artistas visitantes. Com toda esta potência de generosidade envolvida, a ideia de fazer uma segunda edição deixou de ser apenas uma simples opção.

 

Em 2020, o Sarau na Casa da Borracha seria realizado no mesmo lugar, mas desta vez com uma programação mais diversificada, com realização de oficinas e rodas de conversa ao longo de três dias. Devido ao atual contexto de pandemia, os planos de uma segunda edição precisaram ser adaptados, e abriram espaço para a realização de um evento especial, realizado de forma virtual.

 

SERVIÇO


Live de abertura do Sarau na Casa da Borracha com Jean Wyllys, Marianna Dias e Achiles


Data: 14 de agosto


Horário: 16h


Local: YouTube oficial Sarau na Casa da Borracha


Programação gratuita

Comentários

Posts mais visitados

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

O perigo das Fake News para a sociedade e o impacto às pessoas e instituições

Os morcegos estão comendo os mamãos maduros, de Gramiro de Matos

Sérgio Mattos: Bernardo Rabello, nova aposta da moda nacional

Manifesto dos Escritores, Artistas, Cientistas, Jornalistas, Professores e Pensadores Baianos pela Democracia