Pular para o conteúdo principal

Jean Wyllys e Marianna Dias participam de abertura do Sarau na Casa da Borracha

 Ex-deputado federal e ex-presidente da UNE debatem a cultura enquanto direito humano em live nesta sexta-feira, 14

Jean Wyllys e Mariana Dias são os nomes confirmados na live de abertura do Sarau na Casa da Borracha no Sertão dos Maracás nesta sexta-feira, 14, às 16h, com o tema “Cultura enquanto direito humano”. O jornalista, professor, escritor e ex-deputado federal pelo PSOL irá debater com a ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). A mesa temática ainda conta com a mediação do cantor e compositor Achiles, idealizador do projeto.

Jean Willys - Foto: Divulgação

Jean Wyllys tem uma história de envolvimento com trabalhos em favor da justiça social, de uma educação para a cidadania e para a valorização da vida, e em favor das liberdades civis. O baiano de Alagoinhas possui quatro livros publicados e é ganhador de diversos prêmios, dentre eles o de “Melhor Deputado” pelo Prêmio Congresso em Foco. Foi eleito, pela revista Época, um dos 100 brasileiros mais influentes e pela revista Isto É, como uma das 100 personalidades mais influentes. Atualmente encontra-se fora do Brasil após abrir mão de seu mandato devido a graves ameaças sofridas.

Já Marianna Dias tem uma trajetória marcante no movimento estudantil, tendo sido presidente da União dos Estudantes da Bahia (UEB) e União Nacional dos Estudantes (UNE). Atualmente a baiana de Feira de Santana é filiada no Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Marianna Dias - Foto: Divulgação

O Sarau na Casa da Borracha está na sua segunda edição e acontece até o dia 6 de setembro, de forma totalmente virtualizada. Durante a programação serão reunidos mais de cinquenta colaboradores, entre pesquisadores e artistas de todo o país, em torno de lives musicais e mesas temáticas.

 

O tema deste ano resgata importantes pesquisas sobre a cultura e memória do território de identidade, que compreendia, em meados do século XVII, a área denominada “Sertão dos Maracás”. Atualmente chamado de Vale do Jiquiriçá, o território teria sido ocupado pelos povos indígenas Maracás, o que pode ter dado origem ao nome da atual cidade do interior baiano, localizada há pouco mais de 370 km de Salvador.


Confira a programação completa

  

Sarau na Casa da Borracha

 

Em 2019, o cantor e compositor Achiles, nascido e criado na cidade de Maracás-BA, decidiu convidar alguns amigos também músicos para apresentar pequenos shows na Casa da Borracha, sede da Fazenda São Sebastião, que fica situada na comunidade do Peixe, povoado que faz parte da zona rural das cidades de Maracás e Lajedo do Tabocal. Convites aceitos, vários artistas de Maracás, Vitória da Conquista, Salvador, Vale do Capão e Jequié participaram do evento, que foi nomeado pelo anfitrião como Sarau na Casa da Borracha.

 

Em sua primeira edição, o Sarau foi produzido de forma totalmente colaborativa por uma rede de entusiastas. Professores, servidores públicos, comerciantes e pessoas interessadas na realização do evento se mobilizaram através das redes sociais para arrecadar doações para a produção. A iniciativa deu certo e conseguiu garantir combustível, transporte, alimentos, cobertores e colchões para receber os artistas visitantes. Com toda esta potência de generosidade envolvida, a ideia de fazer uma segunda edição deixou de ser apenas uma simples opção.

 

Em 2020, o Sarau na Casa da Borracha seria realizado no mesmo lugar, mas desta vez com uma programação mais diversificada, com realização de oficinas e rodas de conversa ao longo de três dias. Devido ao atual contexto de pandemia, os planos de uma segunda edição precisaram ser adaptados, e abriram espaço para a realização de um evento especial, realizado de forma virtual.

 

SERVIÇO


Live de abertura do Sarau na Casa da Borracha com Jean Wyllys, Marianna Dias e Achiles


Data: 14 de agosto


Horário: 16h


Local: YouTube oficial Sarau na Casa da Borracha


Programação gratuita

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

Nêgo Jhá é uma banda do interior da Bahia, da cidade de Iguaí, situada no Centro Sul do estado, criada em janeiro de 2018, por Guilherme Santana e Gabriel Almeida, através de u ma simples brincadeira entre amigos, que resultou em um trabalho profissional.  A banda já contabiliza mais de 30 milhões de visualizações no YouTube com suas músicas, entre elas, destaca-se “Cabaré”, música de trabalho gravada por artistas famosos, que compartilharam vídeos, que viralizaram na internet, ouvindo e dançando o hit do momento em todo o Brasil. Até no BBB21 da Rede Globo já tocou a música dos garotos. Foto: Divulgação Confira abaixo a entrevista com os integrantes da Nego Jhá: Cacau Novaes - Como surgiu a ideia de criar Nego Jhá? Como tudo começou?  Nego Jhá -  Através de uma brincadeira entre mim, Guilherme, e meu amigo Gabriel, que toca teclado.  No início não tínhamos em mente de que isso se tornaria algo profissional, pensamos apenas em gravar por diversão e resenha. Cacau Novaes -  É uma dupl

Festival em Morro de São Paulo terá shows de Luiz Caldas, Jau, Cheiro de Amor, entre outras atrações

Após o Carnaval, Morro de São Paulo, Bahia, realiza, entre os dias 15 e 17 de fevereiro, a 7ª edição do Festival de Morro de São Paulo, reunindo grandes atrações para quem quer curtir um dos melhores destinos turísticos do verão brasileiro. Foto: Reprodução Artistas como Luiz Caldas, Jau, Filhos de Jorge, Afrocidade, Cheiro de Amor, Negra Cor e Batifun passarão pelo palco montado na Segunda Praia. De acordo com a organização do evento, será “Um festival comprometido em tornar este evento ainda mais ecologicamente responsável através da neutralização de carbono. Este não é apenas um festival, é uma vibração consciente e inesquecível para fechar o Verão com chave de ouro”.

Morro de São Paulo recebeu artistas e turistas em festival neste fim de semana

Durante o fim de semana, de quinta (15) a sábado (17), Morro de São Paulo realizou a 7ª edição do seu festival em um dos destinos mais procurados por turistas do Brasil e de outros países. Vina Calmon - Cheiro de Amor - Foto: Cacau Novaes O evento aconteceu na Segunda Praia, de forma gratuita, e contou com shows de diversos artistas. No primeiro dia do evento (15), passaram pelo palco Dayane Félix, Afrocidade e Cheiro de Amor. Já na sexta-feira (16), os shows foram de Batifun, Negra Cor e Jau. No último dia (17), somente Degê conseguiu se apresentar, devido às fortes chuvas que caíram na ilha, sendo cancelada a programação, que ainda tinha em sua grade os shows de Luiz Caldas e Filhos de Jorge. Jau - Foto: Divulgação Mesmo com esse imprevisto, o Festival de Morro de São Paulo foi um sucesso, com a presença de um grande público, que também curtiu os atrativos naturais da ilha. Adelmo Casé - Negra Cor - Foto: Divulgação Confiram mais vídeos no Instagram de Cacau Novaes : Ver es

Festival de Morro de São Paulo suspende programação deste sábado (17)

Devido às fortes chuvas que atingem Morro de São Paulo na noite deste sábado (17), o Festival de Morro de São Paulo anunciou a suspensão da programação do dia, visando garantir a segurança do público. Com isso, as apresentações de Luiz Caldas e Filhos de Jorge foram canceladas. Os dias anteriores foram marcados pelo público lotando a Segunda Praia para os shows de Dayane Felix, Afrocidade, Cheiro de Amor, Batifum, Negra Cor e Jau. Hoje, o cantor Degê, fez o show de abertura da noite, antes da suspensão.

Depois de participar da Flita, Cacau Novaes é presença confirmada na Flisba

Depois de participar da Flita - Festa Literária de Aratuípe, que ocorreu no último fim de semana (24 a 26/11), o poeta e escritor José Carlos Assunção Novaes, mais conhecido pelo nome artístico de Cacau Novaes, é presença confirmada na Flisba - Festa Literária do Sul, neste fim de semana 1º e 2 de dezembro. O escritor tem passado por diversas festas literárias, a exemplo de: Flipelô - Festa Literária Internacional do Pelourinho; Flipf - Festa Literária Internacional de Praia do Forte; Flilençóis - Festa Literária Internacional de Lençóis; Flica - Festa Literária Internacional de Cachoeira, Flita - Festa Literária de Aratuípe; e, agora, na Flisba - Festival Literário Sul Bahia. No Flisba, o autor lança o seu romance Marádida, participa do Sofá em Prosa e é um dos jurados do Slam Magnus Vieria, em homenagem ao saudoso artista iguaiense. Já no sábado, dia 02/12, às 16h, Cacau Novaes participa do Festival de Contação de Histórias do Coletivo Ser de Arte, com o seu livro infanto-juvenil &qu