#LeiAldirBlanc - Funceb realiza diálogos setoriais para cada linguagem artística

Para ampliar o debate sobre a Lei Aldir Blanc (Lei nº 14017/2020), a Fundação Cultural do Estado retoma os Diálogos Virtuais das Artes, agora setorizados. Serão sete encontros, um para cada linguagem gerida pela Fundação: Teatro, Música, Artes Visuais, Dança, Audiovisual, Circo e Literatura. A agenda começa no dia 16 de julho, com o Diálogo Setorial de Música.


Nestes Diálogos Setoriais das Artes, que deverão reunir artistas, agentes culturais, profissionais de cada setor, estarão presentes coordenadores e assessores da Funceb em cada linguagem. No centro dos debates, estará a construção de ações que visem à aplicação da Lei Aldir Blanc no estado.
 
Lei Aldir Blanc -
 A lei de emergência cultural, (Lei nº 14017/2020) como ficou popularizada, prevê o pagamento de auxílio emergencial para trabalhadores da cultura, manutenção de espaços artísticos e micro e pequenas empresas culturais que tiveram atividades interrompidas por conta das medidas de isolamento social.
 
A verba também será destinada ao custeamento de editais, chamadas públicas, cursos, produções audiovisuais, prêmios, manifestações culturais, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural, entre outras ações.

As inscrições para cada Diálogo Setorial serão online e gratuitas, de acordo com o calendário e links abaixo:

Agenda dos Ciclos de Diálogos Setoriais:

Música – 16 de julho
Período de Inscrição: 13 e 14 de julho

Dança – 17 de julho
Período de Inscrição: 14 e 15  de julho

Teatro – 20 de julho
Período de Inscrição: 17 e 18 de julho

Circo – 22 de julho
Período de Inscrição: 19 e 20 de julho

Artes Visuais – 24 de julho

Período de Inscrição: 21 e 22 de julho

Audiovisual - 28 de julho
Período de inscrições: 26 e 27 de julho

Literatura – 30 de julho
Período de Inscrição: 27 e 28 de Julho

Comentários

Posts mais visitados

Cacau Novaes entrevista Nego Jhá: 'Vem pro cabaré'

Poetas brasileiros recitam em oficina literária na Colômbia neste sábado (05)

Com voz forte e doce, Roriz Ra é revelação da nova MPB

‘A rosa de Hiroxima’, de Vinicius de Moraes, em extraordinária interpretação de Ney Matogrosso

Ualy Matos disponibiliza o seu e-book Dévires-poéticos gratuitamente